DESINFLAÇÃO & DESINDEXAÇÃO

Ao lado de várias Reformas Monetárias – do Cruzado, do Cruzado Novo, do Cruzeiro, do Cruzeiro Real e do Real – o Brasil passou por várias Reformas Financeiras: a da ORTN, a da OTN, a do BTN, a da TR e, por último, a da Selic, estas últimas vinculadas à variação dos níveis de preços, que mede a inflação num determinado período; ou, dizendo de outra forma, o poder aquisitivo, no Brasil consiste, de forma anômala, em fundamento de uma ordem espúria, que nos está levando à crise sem fim pela qual estamos presentemente passando.

Considerando isso – ou seja, que o poder aquisitivo do crédito é o fundamento de um corrompido sistema – diminuir a meta de inflação é desindexar a Economia. A redução, a ser promovida, segundo os jornais, na reunião do próximo dia 29 de junho pelo Conselho Monetário Nacional será de 0,25% o que é pouco mas sinaliza que o atual presidente do Banco Central, que vem baixando os juros, tem a sensibilidade necessária para tentar consertar o estrago que a correção monetária provocou em nosso País.


Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.