A PRESIDENTE DO STF E A QUESTÃO PENITENCIÁRIA

O jornalista político Raymundo Costa, do jornal Valor, sugere que a Ministra Carmen Lúcia , mordida pela mosca azul, ao viajar para Manaus, estaria fazendo jogos de cena para a plateia diante da possibilidade de assumir a Presidência da República no caso da queda do Presidente atual.

O colunista, a meu ver, parte de duas premissas verdadeiras – a possibilidade de o atual Presidente cair e a possibilidade de a Presidente do STF assumir, em seu lugar – para fazer várias especulações que se abstraem, injustamente, da percepção de que a Ministra compreende a gravidade da situação prisional no Brasil e tem a intenção de ajudar a melhorá-la.

Diferentemente da maioria de seus colegas magistrados, que estampam aquela face de que “veja só, eu não tenho nada com isso” a Ministra Carmen Lúcia parece-me sinceramente interessada em mitigar o gravíssimo problema penitenciário em nosso país.

Como eu represento, apenas, uma parcela minúscula da opinião pública posso dar-me ao luxo de ser ingênuo, o que é um pecado mortal para o político militante e para os jornalistas que cobrem a atividade deles.

Ainda assim não quero me omitir: acho que a Ministra preocupa-se com a terrível condição dos presos e louvo-a por causa disso.


1 comentário até agora

  1. Luiz Philippe janeiro 11, 2017 8:29 pm

    Concordo inteiramente com a opinião do Letácio.

Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.