SERÁ QUE ELE FALA EM NOME DA ORDEM ?

As declarações públicas, feitas em nome da Ordem dos Advogados do Brasil, dependem de aprovação prévia do Conselho Federal.

O atual presidente, contudo – pelo amor, ao que parece, aos holofotes – dá declarações individuais, em geral de natureza política, como se falasse em nome  dos advogados brasileiros.


ECONOMIA E DEMOCRACIA

O economista JIM O’NEIL, em seu artigo do Estadão, intitulado “Economia global depende mais de emergentes”, explica – mas não justifica – porque admite que um chinês possa ser escolhido diretor-gerente do FMI.

Segundo ele, o fato de a China não ser uma democracia não impediria que ela indicasse o chefe do FMI.

Mesmo após uma longa explicação, O’NEIL não consegue justificar o seu ponto de vista que – ainda que ele não perceba – está carregado do preconceito de muitos economistas que consideram a eficiência melhor do que a democracia.


COLESTEROL E INDEXAÇÃO

Assim como há – com o perdão da metáfora naturalista – um colesterol de bem e um colesterol do mal, há uma indexação formal e uma indexação informal, muito diversas entre si.

Não que a indexação informal – aquela que leva os comerciantes,  industriais e prestadores de serviços, com medo da inflação,  a elevar os seus preços – seja boa, porque ela, na verdade, realimente a inflação.

A diferença entre as duas é que a indexação informal ocorre antes da formação dos preços, e a formal, depois.

Por isso, a indexação informal não afeta o ato jurídico perfeito; o contrário do que ocorre com a indexação formal que é, por essa razão, inconstitucional e ilegal.

Sendo ilegal,  a indexação formal pode ser extinta “por decreto”, o que não acontece com a indexação informal.

Uma das formas de enfrentar a indexação informal é acabar com a indexação formal; e é isso o que o Banco Central de TOMBINI está querendo fazer, de modo lento, gradual e seguro.

Deu para entender ?


O DÓLAR COMO UMA PRAGA

Nunca esperei, na vida, que o dólar, a poderosa moeda – que foi, para minha geração, o que a libra inglesa fora para a de meu pai –  acabasse se tornado uma verdadeira praga e que a sua depreciação pudesse ser considerada uma desvantagem tão grande para o Brasil.

Vivendo e aprendendo !